Especial Rússia

As Famosas Bonecas Russas - parte 2

maio 24, 2018o¤° SORRISO °¤o


No post anterior, As Famosas Bonecas Russas – parte 1, vimos a origem e a história das belas e simpáticas Matrioskas, as Bonecas Russas, representantes magníficas da cultura da Rússia.  

Agora, vamos ver as lendas que contam sobre essas bonequinhas e que só aumentam o encanto sobre elas.  


Um conjunto de Matrioskas de 11 peças  


Matrioska, A Lenda 

Bisbilhotando pela Internet dei de cara com essa história. 

Era Uma Vez... um carpinteiro chamado Serguei. Ele era muito habilidoso e talhava belos objetos de madeira como instrumentos musicais e brinquedos. Todas as semanas, Serguei enfrentava o frio e ia ao bosque pegar madeira para seus trabalhos. Mas, uma certa manhã, após uma noite de nevasca intensa, Serguei se deparou com uma camada muito grossa de neve que cobria os campos e as árvores do bosque. Mesmo assim ele seguiu firme e forte para o bosque em busca de madeira. Contudo, toda a madeira que ele encontrava estava úmida e não serviria para muita coisa. 

Cansado, pensou em voltar para casa e retornar ao bosque no dia seguinte. Quem sabe não teria mais sorte. E quando ele se voltava para o caminho de casa, um tronco chamou sua atenção. Ele era maravilhoso, esplêndido e o mais belo que já havia visto em toda sua vida. Pegou o tronco e voltou o mais rápido que pode para casa. Vários dias se passaram até que ele decidisse o que talhar. E finalmente decidiu criar uma linda boneca


Uma bela Matrioska de flores azuis 


Sua boneca ficou tão espetacularmente linda que ele decidiu não vendê-la, pois, sendo um homem solitário, ela lhe faria companhia. “Você se chamará Matrioska”. Assim, toda manhã ele se levantava e dizia “Bom dia, Matrioska!” para sua companheira de madeira. E chegou o dia em que ela respondeu “Bom dia, Serguei!”. Você pode até achar que ele ficou assustado, mas não. Serguei ficou feliz em ter alguém com quem conversar. 

O tempo foi passando e Serguei percebeu que Matrioska estava ficando cada dia mais triste e lhe perguntou o que estava acontecendo. Matrioska respondeu que estava triste porque todo mundo que ela via tinha um filho ou uma filha e que ela desejava ter um. O carpinteiro lhe disse “terei que te abrir e isso será doloroso”. “Na vida, as coisas importantes requerem um pequeno sacrifício” – ela respondeu. Então, ele fez uma réplica menor dela e a chamou de Trioska e ela já não se sentia tão sozinha e diferente. 

Aconteceu a mesma coisa com Trioska. Seu instinto maternal veio à tona e Serguei fez outra réplica menor ainda e a chamou de Oska. E com Oska aconteceu o mesmo. Serguei contou que desta vez a madeira poderia originar uma boneca má. Mas, ela não se importou. E após pensar um pouco, o carpinteiro criou um boneco com bigode e bem pequeno e chamou-o de Ka. Colocou Ka em frente ao espelho e lhe disse: “Você é um homem e não pode ter filhos!” 


A Matryoshka representa a família e o amor. 


E assim, colocou Ka dentro de Oska, Oska dentro de Trioska e Trioska dentro de Matrioska. Um dia, Matrioska desapareceu misteriosamente com toda sua família, deixando Serguei desolado e sozinho, novamente. 

Belo Conto de Fadas, não é? 


Quer Fazer Um Desejo? 

Lendas contam que as Matrioskas realizam desejos profundos e difíceis. Em caso de doença, é necessário escrever o nome da pessoa no papel e colocar dentro da penúltima bonequinha do conjunto. 


Uma boneca dentro da outra... 


Outra crendice afirma que podem ser feitos vários pedidos diferentes e colocados dentro de cada boneca do conjunto. Um pedido, uma bonequinha. Então... quanto mais bonequinhas tiver a Matrioska, melhor. Hahahahahahaha! 

Bônus Para Colorir 

Que tal colocar a criatividade para fora e colorir algumas Matrioskas para aliviar o estresse? 

Aqui estão alguns modelos. É só imprimir e por a mão na massa, quer dizer, nos lápis de cor. Hahahahahaha! 








Esta foi a segunda e última parte do post sobre Matrioskas. Espero que tenham gostado e se divertido durante a leitura. E, relembrando... 

Quando você for visitar a Rússia, não esqueça de trazer umas Matrioskas como lembrança para seus amigos. E, mais uma vez, traz uma pra mim, também! 



Beijos mil! :-) 
Criss 



  Não esqueça de Comentar e Seguir o blog. OK?  



Você Também Vai Curtir

0 brincadeiras

»☻ Valeu por seu Comentário ☻«

“Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato... ou toca ou não toca.”
Clarice Lispector


Posts Populares

Instagram

Formulário de contato