leitor Livro

Dia Mundial do Livro

abril 23, 2016o¤° SORRISO °¤o


De paredes em cavernas a pedaços de argila, de casca de árvore a pedaços de madeira, de papiros a pergaminhos. Do rolo de papiro de 6 metros, conhecido como volumen pelos romanos, ao códex ou códice, uma compilação de páginas que facilitou a distribuição de informações. De forma física, em 4D (sim! Porque cheirar também faz parte de um dos D’s), até sua forma virtual. O livro evoluiu. E nos dias de hoje, saiu do papel e agora é eletrônico.

A palavra livro vem do latim liber que é um termo relacionado com a cortiça da árvore. Um livro é a coleção de folhas de papel, manuscritas ou impressas, com textos ou imagens ou com os dois, formando um volume, recoberto por uma capa.

O livro é um produto intelectual, afinal, alguém se dedicou a pôr em palavras, o conhecimento adquirido através de histórias ou, simplesmente, criou suas próprias histórias e mundos fantasiosos. Para estudo ou lazer, o livro é um produto de consumo, um bem desejado. 

Quanto mais, melhor!


O livro mais antigo que se tem conhecimento é a Epopéia de Gilgamesh, uma tábua de argila escrita com um antigo poema épico da Mesopotâmia que descreve o dilúvio na língua acádia do século VIII a.C.  

Tábua de argila com a Epopéia de Gilgamesh


O primeiro livro impresso com tipografia móvel, adaptada e inventada por Johannes Gutenberg, foi a Bíblia, em 1455. A Bíblia de Gutenberg possui 1282 páginas, com texto em 2 colunas; contém 73 livros divididos em Antigo Testamento e Novo Testamento e é encadernada em 2 volumes. Acredita-se ter sido elaborada num período de pelo menos 3 anos. Gutenberg também escreveu “Ala e a terra prometida”, “Buda e o elefante”, “O dragão de São Jorge, o Santo Guerreiro”. 

Fragmento da Bíblia de Gutenberg


Atualmente, a Bíblia é o livro mais vendido do mundo.

O mais provável criador do e-book (livro digital) é Michael Stern Hart que digitou a Declaração de Independência dos Estados Unidos da América, em 1971. De lá pra cá, foram criados vários formatos de e-books e o equipamento que possibilita sua leitura, com vantagens e desvantagens, como Kindle, Kobo, Nook, etc.

Michael Stern Hart apontando para sua criação o e-book


Não importa se o LIVRO é físico ou virtual, o que importa é a leitura, pois quem lê expande horizontes e ultrapassa fronteiras. LEIA e INCENTIVE A LEITURA!

Hoje, além das livrarias físicas, temos as livrarias online
(com o preço bem mais em conta)



  BOAS LEITURAS NO DIA MUNDIAL DO LIVRO!  


Beijos mil! :-)
Criss


  E não se esqueça de dar sua Opinião e Seguir o Blog. OK?  


Você Também Vai Curtir

0 brincadeiras

»☻ Valeu por seu Comentário ☻«

“Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato... ou toca ou não toca.”
Clarice Lispector


Posts Populares

Instagram

Formulário de contato